Dicas Profissionais

 

10 dicas para ser uma profissional de sucesso.


Como ser uma profissional indispensável para a empresa com as dicas de uma consultora de recursos humanos.

1 - Seja pontual no horário e nos prazos - Quando chega atrasado no trabalho, o funcionário passa a impressão de falta de interesse na função. Além de contar pontos negativos com a chefia, isso pode comprometer a execução de tarefas e atrasar até o trabalho dos seus superiores. Quando trabalhava em uma seguradora, eu tinha uma assistente eficiente e interessada em subir na carreira. Aí, o namorado foi morar na Espanha e ela quis acompanhá-lo. Como a funcionária foi sincera comigo, comcordei com o pedido de sair da empresa após alguns meses. Mas ela começou a usar do horário de expediente para resolver as pendências dessa mudança e passou a ter menos tempo para cuidar das tarefas do trabalho. Tive que demiti-la para evitar problemas pra mim. Depois nos tornamos amigas e ela compreendeu que precisei demiti-la naquele momento.

2 - Fale sempre a verdade para o chefe - Se você cometeu um erro ou está com dificuldades para dar conta do trabalho, é melhor admitir do que mentir para seu chefe. Quando descoberta, a mentira tem um efeito devastador: o funcionário perde a confiança do chefe, reduz as chances de crescer na empresa e, quando traz prejuizo para outros funcionários, pode ser demitido. Certa vez, atendi uma seguradora com um produto que oferecia ao cliente de reaver metade do dinheiro investido em dez anos. Um dos corretores vendia pelo menos 20% mais seguros do que os outros, todos os meses. Certo dia, um cliente ligou irado para a seguradora. O corretor tinha lhe informado que ele poderia resgatar todo o seguro em dez anos. Por mais que fosse um bom vendedor, o corretor havia manchado a imagem da empresa e teve que ser descredenciado.

3 - Use os equipamentos da empresa só para o trabalho - Levar material de almoxarifado do escritório para casa, imprimir trabalhos escolares na impressora da empresa, usar o computador da firma para procurar oportunidades de trabalho em outro lugar ou para passar informações confidenciais para comcorrentes. Tudo isso caracteriza fraude contra o ambiente de trabalho e pode provocar demissão por justica causa. Se você está interessado em novos desafios profissionais, jogue limpo com seus superiores. Quando avisados, eles podem entender seu pedido e até incentivar você a procurar emprego em outro lugar. Isso já aconteceu comigo. Depois do ok do meu chefe, ele liberou até uma hora do meu expediente para que eu mandasse currículos. Sai dessa empresa para uma melhor.

4 - Nunca passe por cima da sua chefia - Numa empresa, é esperado que ochefe dê ordens para os subordinados, pois ele tem esperiência para garantir a melhor execução das tarefas. Se o subordinado descumpre as ordens ou trata diretamente com outros superiores, ele quebra a hierarquia. Isso pode trazer problemas para seu chefe imediato. Eu tive uma estagiária que queria muito crescer na empresa. Por isso, ela discutia suas tarefas que queria com meus chefes. Às vezes meus superiores me cobravam tarefas que eu desconhecia - ela escondia as informações de mim. Aí, eu fui obrigada a demiti-la, para preservar meu trabalho. Ela se esqueceu de que a melhor forma de subir é contribuir para a chefia e a levar junto.

5 - Separe o pessoal do profissional - Ao longo da minha trajetória profissional, ouvi diversas histórias de funcionários que estebeleceram uma relação próxima com seus chefes e foram demitidos. Eles acreditavam que seriam menos cobrados e que teriam de desempenhar menos funções do que os outros colegas. Por mais que seu chefe seja uma pessoa acessível e parceria de atividades sociais, como barzinhos após o espediente ou baladas, lembre-se de que na relação ente vocês sempre haverá uma cobrança pela boa execução de suas atividades profissisonais. Ele não vai deixar de demitir você caso seja necessário só porque é seu amigo.

6 - Deixe os problemas pessoais em casa - Já ouvi relatos de funcionários demitidos porque usavam demais o telefone da empresa para resolver problemas familiares ou choravam durante o expediente. Isso gera um clima ruim entre os demais funcionários e pode comprometer o desempenho da equipe. Caso seja necessário, explique ao seu superior as dificuldades que você está enfrentando e peça um tempo para resolvê-las. Se seu chefe confiar no seu trabalho, ele será compreeensivo, pois existe a prespectiva de você superar os problemas e voltar a trazer bons resultados.

7 - Evite as fofocas - Espalhar boatos gera um clima de desconfiança sobre o trabalho de uma equipe inteira. A fofoca é um julgamento negativo sobre um fato real cometido por alguém. quem ouve a fofoca tende a achar que tudo que o fofoqueiro diz é uma deturpação da realidade. Assim, é uma questão de tempo para que todos deixem de acreditar nele. Numa empresa em que trabalhei, havia uma grande fofoqueira. Ela falava dos outros colegas, dos chefes e até das decisões da chefia. Os colegas passaram a evitá-la e ela se isolou na empresa. Esse é um estágio anterior à demissão.

8 - Cuide da sua imagem - Cuidar do cabelo e da maquiagem com desleixo e vestir-se com roupas decotadas não são fatores decisivos, mas contam pontos em uma demissão. Compottamentos impulsivos também podem ter consequências drásticas. Em uma consultoria de RH em um call center, soube que dois operadors de telemarketing foram demitidos por fazer sexo durante um expediente na madrugada. Eles foram flagrados na sala em que trabalhavam. É importante saber que seu comportamento é avaliado o tempo inteiro por sua chefia.

9 - Esteja aberta a novos desafios - Se seu chefe pedir para você executar outras tarefas porque seu setor sofreu mudanças, aceite. Só assim ele saberá que você acredita no sucesso da empresa. Em uma companhia de seguros que trabalhava com apenas um tipo de produto, presenciei a demissão de vários funcionários que se recusaram a vender um seguro novo. Por mais que eles trabalhassem duro e batessem as metas de venda do seguro antigo, a empresa tinha metas a cumprir com o novo seguro e não podia lidar com funcionários inflexíveis.

10 - Peça um retorno do seu chefe - Sempre tenha a qualidade do seu trabalho como meta. Para isso, estabeleça com seu chefe maneiras de avaliar o trabalho que você executa para saber se ele está contente com o seu desempenho. Nada pior para um funcionário do que se acostumar a cumprir apenas as suas funções, sem se preocupar com o retorno da chefia ou em ser demitido por não executar suas tarefas conforme o esperado. Ele fica sem saber por que foi demitido e o que precisa melhorar para se tornar um profissional mais qualificado.

 

Leo Branco
Conteúdo do site SOU MAIS EU

 

<< VOLTAR